Como Vender Chocolate Saudável?

esquerda-natural-folha.png

Quando se fala em chocolate saudável, todo mundo pensa logo em 70% cacau. Até boa parte dos profissionais da área de saúde pensa apenas neste aspecto. Uma exceção é Thiago Sampaio, nutricionista em Salvador, que estudou bem o processo do chocolate. Neste vídeo, ele demonstra porque temos que ir além dos 70% cacau para constatar a saudabilidade do chocolate.

direita-natural-folha3.png

Para quem quer vender chocolate saudável, tem aprender a escolher e avaliar diversos critérios que foram abordados neste texto: Como Escolher Chocolate Saudável. Conhecimento que começa na fazenda, onde acontecem os processos que são percursores dos sabores e qualidade. Processos estes tão importantes quanto incorrigíveis em caso de falha: colheita, fermentação e secagem. Até a parte industrial, onde explica o processo que utiliza a própria manteiga saudável do cacau. Este texto, escrito por especialistas, não ensina apenas a escolher o melhor chocolate 70%, como dá 10 dicas exclusivas para transforma um leigo em expert. Achamos que é melhor artigo sobre chocolate saudável por agregar tanto conhecimento numa linguagem simples e prática. Boa leitura!

Estude as Referências do Mercado

esquerda-natural-folha.png

Para tudo que fazemos, uma referencia é fundamental. Para vender chocolate saudável não seria diferente! Precisamos ter ciência das melhores marcas de chocolate saudável no mercado e assim comparar com as marcas que estão sendo oferecidas para representação. Só assim conseguiremos verificar as oportunidades que estão nos oferendo. Conforme o texto - Como Escolher Chocolate Saudável – poderíamos avaliar uma marca comparando com as seguintes premissas:

  1. Chocolate Orgânico?

  2. Qual a quantidade de ingredientes?

  3. Os ingredientes são saudáveis e naturais?

  4. Produzido com processo da amêndoa até a barra (from bean to bar)?

  5. Qual a origem da amêndoa de cacau? Localização geográfica na embalagem?

Melhores Marcas de Chocolates Saudaveis

Mercado de Food Service - Confeiteiro

direita-natural-folha3.png

Todas as outras dicas já valeram e muito sua leitura até aqui! Mas ainda pode dar um salto muito maior, já que os volumes do food service são muito grandes. Porém, nem tudo são flores, a venda é mais técnica e a barreira de entrada maior. Visto que a negociação sai do comprador para o chef de cozinha. Você tem que convencê-lo a testar o seu chocolate no seu processo de produção. O que não é fácil, já que ele já está acostumado com outra marca. E por que mudaria? Cabe argumentação do vendedor experiente e ainda tentar participar do teste para resolver qualquer objeção que apareça na hora.

Grande oportunidade para o chocolate saudável

E aqui está oportunidade do chocolate saudável. Para um chef parar seu processo para testar um chocolate parecido é muito difícil. Não há muita vantagem, a não ser que entre na briga de preço. Porém, seus clientes estão pressionando para chocolate mais saudáveis, sem lactose ou açúcar. Aí chega sua marca com a solução, ao invés de mais um trabalho de teste. Percebe a diferença?

O momento é agora!

Entenda que o melhor momento para o chocolate saudável no food service é agora! Enquanto estamos de transição e você vai levar a primeira marca saudável que ele precisa testar. O mercado está exigindo! Ou ele se adapta, ou vai ficar para trás. Quando as outras chegarem, as empresas já adaptaram todo o seu processo a sua marca. A barreira de entrada agora é para os concorrentes!

E o mercado de food service vegano?

Também está em expansão! No texto, melhores chocolates veganos, vai aprender a vencer as objeções dos chefs de cozinha que buscam produtos sem ingredientes de origem animal, como também qualquer outro. Têm processos desnecessários na cadeia do chocolate que só encarecem este ingrediente para cozinheiro. Vale muito a pena leitura!

Melhores chocolates veganos para derreter - receita